A dor nas costas. Queixa comum dos idosos

Terceira idade com saúde integra
2 de October de 2019
9 de October de 2019
Mostrar todos

A dor nas costas é umas das principais queixas dos idosos nos consultórios médicos. Sabemos que o envelhecimento é um processo natural pelo qual todos nós iremos passar um dia e que conforme avançamos no processo, é comum surgirem doenças que podem prejudicar a saúde, principalmente dos idosos.

.

Uma delas é a tão temida dor nas costas. Com base nisso, a (OMS) aponta que 80% da população mundial sofre ou sofrerá um dia com dores nas costas. E o cenário futuro, promete ainda mais complicações, se não for tomada nenhuma atitude preventiva diante deste fato.

.

O que leva o idoso a viver este problema, de dor nas costas? Muitas podem ser as causas. Entre as principais:  a má postura, falta de uma rotina saudável diária, falta de atividade física, o que pode acarretar as mudanças fisiológicas no paciente, tal como a diminuição da massa óssea, e atrofia dos músculos que pode levar a uma osteoporose, fraqueza muscular, degeneração das juntas, além de traumas diretos ou indiretos.

.

O que fazer então para prevenir e se preparar para uma terceira idade com independência, saúde física, mental e emocional? Segundo especialistas da Clínica Coluna Porto Alegre, o trabalho de prevenção deve iniciar antes da chegada da terceira idade, mas para quem já está na fase das “dores”, ainda é tempo de retomar e resgatar o que perdeu. A qualidade de vida, a independência funcional, a agilidade e uma vida sem dor.

.

O que não se deve fazer é ignorar a dor, por achar que é normal da idade.

Quando falamos em dores na coluna, também estamos nos referindo à dor crônica, que se ignorada, pode comprometer significativamente a qualidade de vida do paciente, desencadeando outros problemas agravadores como a depressão, problemas circulatórios, cardíacos e até pulmonares, uma vez que o idoso com dor, poderá se movimentar menos para evitar o desconforto causado.

.

Quais as opções disponíveis para prevenir ou tratar? Segundo especialistas e cirurgiões da área, hoje existem inúmeras possibilidades de tratamento, até os minimamente invasivos. No entanto, além desses, o mais indicado ainda é a prevenção. O que inclui a prática de atividades físicas regularmente para garantir força e resistência, atenção à postura para as atividades de rotina, controle o peso e a alimentação.

.

Na Clínica Coluna Porto Alegre, a equipe médica e multidisciplinar  formada por fisioterapeutas, educadores físicos, acupunturista, quiroprata, massoterapeutas, auxiliam no resgate das capacidades funcionais e da qualidade de vida dos idosos que enfrentam a dolorosa fase do “condor”.

.

Terapias e técnicas combinadas, que fazem parte de um plano de prevenção e tratamento, procedimentos minimamente invasivos e o acolhimento, atenção e cuidado todo especial da equipe, têm devolvido a muitos pacientes alegria de viver sem dor e com disposição para viver tudo o que se tem pela frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *