COMPARAÇÃO DO EQUILÍBRIO POSTURAL ESTÁTICO ENTRE SUJEITOS SAUDAVEIS E LOMBÁLGICOS

Exercícios para prevenir a hérnia de disco
23 de June de 2015
12,6 MILHÕES DE PESSOAS MORREM TODO ANO DEVIDO A AMBIENTES INSALUBRES
28 de March de 2016
Mostrar todos

COMPARAÇÃO DO EQUILÍBRIO POSTURAL ESTÁTICO ENTRE SUJEITOS SAUDAVEIS E LOMBÁLGICOS

As lombalgias são definidas como quadros dolorosos nas regiões lombares inferiores, lombossacrais ou sacroilíacas da coluna vertebral. São caracterizadas como crônicas quando persistem por mais de seis meses, podendo estar associadas a processos patológicos crônicos, que causam dor contínua ou recorrente. Muitas vezes tem início impreciso com períodos de agudização e regressão. Este tipo de dor contínua e por longos períodos de tempo afeta alguns aspectos da vida do indivíduo. Estudos recentes indicam que pacientes com lombalgia crônica apresentam diminuição do controle postural, manifestando problemas no equilíbrio. O equilíbrio postural é controlado por informações sensoriais, processamento central e respostas neuromusculares. Os componentes sensoriais incluem os sistemas vestibular, visual e somatossensorial (cutâneo e proprioceptivo), que fornecem informações ao sistema nervoso central, o qual envia impulsos nervosos aos músculos para coordenar e controlar os segmentos do corpo. Alterações na propriocepção são apontadas como uma das possíveis causas de alteração de equilíbrio postural em indivíduos lombálgicos. A lombalgia é associada à diminuição na propriocepção e força muscular, que podem afetar a qualidade da informação sensorial e prejudicar a relação entre as respostas posturais e informações sensoriais. Desta forma, torna-se importante identificar o déficit de equilíbrio em indivíduos com lombalgia crônica a fim de auxiliar na reabilitação dos mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *