Dor lombar e alternativas preventivas

Bloqueio com corticoide em hérnia discal
24 de July de 2017
O peso da tecnologia na saúde da coluna
24 de July de 2017
Mostrar todos

Dor lombar e alternativas preventivas

Causa da dor lombar e as alternativas preventivas e de tratamento alternativos em busca de uma qualidade de vida e rotina sem dor.

Hoje 99% das causas de DOR LOMBAR resultam de problema relacionado ao movimento e desequilíbrio postural. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pelo Institute for Health and Evaluation, da Universidade de Washington, verificou-se que nos últimos 20 anos, estas enfermidade aumentaram cerca de 40% no mundo.

O que os especialistas alertam é que se houver uma ação efetiva desde a primeira crise de dor, a probabilidade de o problema vir a se tornar crônico tem uma grande redução. Ou seja, manter o corpo em movimento ainda é a melhor alternativa segundo especialistas, que apontam a redução da atividade física, ou o exagero de proteção local, como agentes importantes e que influenciam diretamente na transição da dor lombar de aguda para crônica. Diante disso, as indicações mais eficazes e que tem resultado em sucesso no tratamento dos problemas relacionados à dor lombar, são as associações de terapias alternativas conservadoras como: RPG, acupuntura, quiropraxia, escola da coluna, terapias combinadas, terapia manual, entre outras.

A recomendação é que nestes casos as pessoas procurem por um profissional especialista que as ajudem a se manterem ativas e que mostrem as melhores formas de mudar algumas atitudes e comportamentos que ajudam a perpetuação da dor.

Na Clínica Coluna Porto Alegre, os especialistas Dr. Jorge Schreiner e Dr. Lucas Zanetti optam por abordagens e associações alternativas em busca da qualidade de vida e uma rotina sem dor aos pacientes. Agende agora sua avaliação ☎️ 3027.3677 ou whatsapp (51) 9944-5703. Dr. Jorge Schreiner e Dr. Lucas Zanetti Porto Alegre. ?www.colunaportoalegre.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *