PARACETAMOL PODE ACABAR NÃO APENAS COM A DOR, MAS TAMBÉM COM A EMPATIA

ESPESSAMENTO DO LIGAMENTO AMARELO DA COLUNA VERTEBRAL E TROPISMO FACETÁRIO
28 de April de 2016
DOR NO CÓCCIX
23 de May de 2016
Mostrar todos

PARACETAMOL PODE ACABAR NÃO APENAS COM A DOR, MAS TAMBÉM COM A EMPATIA

O uso de paracetamol (também conhecido como acetaminofeno) além de ajudar a diminuir a dor, pode também diminuir a empatia pela dor sentida por outros. Isto foi indicado em um estudo americano publicado na revista “Social Cognitive and Affective Neuroscience”. Tendo em vista que paracetamol é o ingrediente farmacológico mais comum, este efeito é “preocupante” no contexto social, disseram os autores.
Pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio realizaram vários experimentos envolvendo estudantes. No primeiro estudo, metade dos 80 participantes recebeu 1.000 miligramas de paracetamol e a outra metade recebeu um placebo; subsequentemente foi pedido que dessem nota à dor sentida por outras pessoas em diversos cenários tristes ou dolorosos. Em geral, os achados mostraram que as pessoas que receberam paracetamol classificaram as situações como menos dolorosas ou tristes.
O segundo experimento, de múltiplas partes, incluiu 114 estudantes, dentre os quais novamente a metade recebeu paracetamol e a outra metade um placebo. Uma das tarefas foi classificar o quanto música alta era desagradável para si e para outros. Indivíduos no grupo de paracetamol classificaram o barulho como menos desagradável para si e para outros. Em outra parte do estudo eles foram confrontados com um cenário envolvendo exclusão social e deveriam classificar o quanto os sentimentos da pessoa excluída foram feridos. Novamente, indivíduos sob a influência do paracetamol estavam menos preocupados com os sentimentos daqueles afetados no cenário.
As razões para esta associação são desconhecidos. Uma explicação pode ser oferecida por um estudo realizado em 2004: o estudo mostrou que a mesma parte do cérebro é ativada quando as pessoas sentem dor e quando imaginam outras pessoas na mesma situação. Outros estudos também associaram paracetamol com o embotamento de emoções positivas como alegria. Os cientistas planejam aprofundar a pesquisa sobre este tópico para descobrir se existem associações semelhantes com outros analgésicos como o ibuprofeno.

Agende uma consulta com especialista em coluna e acabe com a sua dor. Dr. JORGE AFFONSO SILVEIRO  SCHREINER  CRM 11712 Dr. LUCAS CRESTANA ZANETTI CRM33985 Agende (51) 3325.2121

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *